Vajra Prana Yoga

Vajra Prana Yoga –  Yoga Integrativo:

Aulas e Práticas livres de Vajra Prana Yoga:

1- Vajra Prana Yoga – Prática Yoga e Meditação Integrativa: para despertar da consciência. (aberto a homens e mulheres com ou sem experiência em meditação) – (ver detalhes abaixo)

– Meditações de plena atenção/presença e energia: visualizações diretivas, ativa e criativa e meditação samatha e vipassana (meditações para atenção e insight em vigília e também para sonho lúcido)

– Asanas (posturas) e movimentos para flexibilidade, alinhamento, fortalecimento, harmonia física e psíquica.

– Relaxamento biopsíquico

Faz parte das práticas do sistema Brahman Yoga Vidya realizadas no  Círculo de Confraternidade. (www.meditação.org.br)

Treinamentos:

. Individualmente, pois são aulas personalizada e adaptada para as necessidades do aluno. Há uma avaliação e também, acompanhamento de aconselhamento (dentro da filosofia do Yoga) e recomendações terapêuticas (naturologia integrativa – Chikitsa Vidya)

. Grupos: São os ‘aulões’ em encontros periódicos intensivos (o dia todo ou um período do dia: 3 hs) e também em Retiros.

Vajra Prana Yoga – Yoga Integrativo é o sistema que possibilita harmonização da energia vital para o equilíbrio psicofísico. Reúne a sabedoria e práticas psicofísicas do Yoga,  o Prana Yoga (Hatha Yoga essencial)  trabalhando com as energias corporais, com as técnicas de respiração, concentração, meditação, relaxamento, flexibilidade, alinhamento e fortalecimento para equilíbrio físico, emocional e mental, consciência e harmonização bio-psíquica. Prana Yoga é uma etapa do Vajra Yoga, uma modalidade do yoga que possui conceitos do Yoga Original, com ênfase no Tantra original incluindo Prana Yoga – os asanas, mudras etc usadas no posterior Hatha Yoga).

 Vajra Yoga integra as todas as etapas do verdadeiro Yoga:

. práticas de respiração para controle da energia vital

. práticas mentais de meditação, concentração – Meditação Integrativa*

.  combinações sequenciais dos ‘asanas’- posturas, movimentos, mudras  etc (em algumas aulas, complementamos com o yoga taoísta e tibetano),

. sabedoria do yoga para o despertar da paz e plenitude.

Tais métodos lidam com o treinamento e a aplicação da energia cósmica e interior e sabedoria interior para nossas inúmeras necessidades, particularmente a saúde, a força interior,o desenvolvimento mental e o crescimento espiritual, e pode ser utilizado por qualquer pessoa.

* Meditação Integrativa – Treinamento Mental Integrativo para despertar da Consciência Plena (harmoniza e integra nosso corpo físico -mente concreta – sutil e supra sutil) e Sabedoria e o poder (energia-força) Interior Integral:

– Meditação para despertar da mente sutil e supra sutil –  (meditação samatha / vipassana / visualização ativa ou diretiva e criativa )

Meditação Integrativa é a arte de cultivar os Poderes e Sabedorias Superiores da mente (e do corpo) e mergulhar em suas condições mais sutis e puras. É a Arte da VIDA PLENA, tendo como meta principal Despertar nossa Essência: a CONSCIÊNCIA PLENA que é LIVRE,  ILUMINADA, VIVA (com plena saúde física e psíquica), REALIZADA; é a PAZ e PLENITUDE INFINITAS.  Este método de Meditação baseia-se e integra poderosos e milenares instrumentos da Sabedoria dos Grandes Mestres Iluminados do oriente para conhecimento, harmonização (também cura), domínio e integração do CORPO e MENTE racional e sutil (subconsciente, supracosnciente) como:

I- Meditações de Plena Energia:

Visualização ou Mentalização Diretiva (ou imaginação ou Guiada ou Dirigida) é a indução de imagens mentais, (podendo ser associadas a técnicas respiratórios) incluindo yantras (formas harmônicas), afirmações para acesso e integração ao nosso mundo interior, para: A-  despertar ou reorientar a nossa energia vital (para melhoria da saúde e cura física e psiquica – domínio sobre o stress, medo, depressão, etc) ; B: essencial (poder interior) e espiritual (sabedoria superior)- transformando em poder interior, para: C: despertar nossa sabedoria interior e manifestar a consciência plena. Este último tipo de TREINAMENTO MENTAL ou meditação auxilia na efetivação das demais meditações.

Periodicamente também se inclui a Visualização Criativa ou Imaginação Ativa – que é um método de recepção de imagens simbólicas do nosso inconscienteou mente sutil e supra sutil com o mesmo objetivo potencializando efeito da visualização ativa.

II- Meditações de Plena Consciência:

Samatha nos conduz à serenidade, ao estado de pureza do desapego e aos quatro estados de absorção onde experimentamos verdadeira paz e felicidade.

Vipassana é a prática da contemplação indutiva que nos leva ao insigth, à intuição e, portanto, a uma compreensão da verdadeira realidade das coisas.

Na MEDITAÇÃO INTEGRATIVA integramos estas técnicas em nossa prática e levamos para o ambito datransformação integral da nossa vida, da nossa mente e, consequentemente, do nosso mundo. Ampliando, despertando e libertando nossa mente, nos tornamos plenamente conscientes, perceptivos e verdadeiramente vivos.

TREINAMENTO :

–  Meditação Integrativa I: Plena Energia: (empoderamento mental) Visualizações, contemplações, meditações e exercícios respiratórios para Saúde e Purificação Física, Psíquica e Mental, ampliação e redirecionamento da Energia, despertar Virtudes, domínio (reprogramação e alinhamento) do Corpo-Mente.
– Meditação Integrativa II – Plena Consciência: Meditações de Plena atenção (o poder e sabedoria do agora, do estar presente),  concentração analítica, contemplativa para os estados de absorção meditativa, insight/intuição e do verdadeiro discernimento e plena percepção para Autoconsciência e Autorealização.

– Asanas (posturas) e movimentos para flexibilidade, alinhamento, fortalecimento, harmonia física e psíquica.

– Relaxamento biopsíquico

Benefício da Técnica: controle do stress, rejuvenescimento, saúde física (alinhamento postural, flexibilidade, resistência, consciência corporal, equilíbrio hormonal, digestivo, ósseo, tratamento da obesidade, etc) e psíquica (ansiedade, depressão, estresse, TPM, sindromes etc) – equilíbrio físico-emocional-mental; estímulo da auto estima, auto confiança, força de vontade, determinação, concentração, realização de metas, criatividade (desenvolvimento de soluções), ampliação da percepção e consciência, melhoria das competências psíquicas, comportamentais e de relacionamento .

………………………

Informações Detalhadas:

Quando compreendemos a estrutura complexa da mente e suas condições básicas de funcionamento concebemos a sua condição tríplice de estados mentais denso, sutil e supra-sutil. Cada um desses estados mentais possui Poderes e Sabedorias específicos. Por funcionarem sempre em conjunto, o estado mentais denso e sutil desenvolvem as mesmas qualidades. Trabalhando com as práticas do Yoga meditativo aprendemos a controlar e purifcar esses dois estados. Quando os controlamos e purificamos desfrutamos de bem estar, harmonia e um profundo sentimento de integração e empatia com tudos os seres. Desenvolvemos grande resistência física, o que nos torna capazes de rapidamente se curar de doenças e raramente sentir cansaço . Nossa criatividade aumenta e facilmente encontramos soluções para nossos problemas. Através da meditação também compreendemos os conceitos fundamentais do amor e da compaixão e, enquanto idéias válidas, procuramos alinhar nossa mente conturbada a esses conceitos puros de forma a aprimorarmos nossas condições interiores.

Quando trabalhamos com as práticas de meditação mais avançada o amor surge em nós não como um sentimento mais como uma fonte de energia realizadora e a compaixão pulsa em nosso coração como uma poderosa forma de consciência capaz de canalizar habilmente toda energia do amor que cultivamos em nossa mente. Através da prática de meditação realizamos o estado mental supra-sutil, o que desperta nosso verdadeiro Poder e Sabedoria Superiores. O Poder e Sabedoria Superior do estado mental supra sutil é a realização da consciência plena, ou seja, a compreenção real de todos os fatores que compões o que chamamos de existência. Há uma frase que diz: “Só com o coração é que podemos ver corretamente. O essencial é invisível aos olhos”. A raiz da mente supra-sutil é o nosso coração espiritual, a nossa alma. Sua realização nos permite trascender todas as formas de sofrimentos que encontramos no mundo e ainda nos qualifica como fonte inesgotável de bem-aventuraça para todos os seres. Praticar Meditação Integrativa é a mais expressiva forma de ajudar a melhorar esse mundo.

A Meditação é o coração ou topo da prática de Autocosnciência e Autotranscendência. Veja como se dá as etapas dos estudos práticos e onde e como a meditação se apresenta:

Meditação Integrativa baseia-se em:

A Meditação Integrativa é a arte de cultivar e libertar a mente. Quando cultivamos nossa mente de forma adequada obtemos paz interior, clareza mental e uma vida dotada de significa e propósito. Em geral, cultivamos em nossa mente a ansiedade, a angustia, o medo, a raiva e uma série de outros poluentes mentais. Através do estudo que a envolve e da prática da Meditação Integrativa, podemos mudar de foco e renovar os hábitos da nossa mente. A renovação dos nossos hábitos mentais esta baseada no cultivo de virtudes. Virtudes são sabedorias que nos permitem agir com consciência e em harmonia com as leis universais; através delas conquistamos tranqüilidade mental e desenvolvemos um bom relacionamento com todos os seres.

O anseio por felicidade permeia as nossas vidas. Não há diferença entre felicidade e paz mental, ou entre felicidade e mente serena e equilibrada. Acreditamos equivocadamente que seremos felizes se as condições exteriores da nossa vida estiverem bem, ou se as pessoas a  nossa volta se comportarem sempre conforme nossos desejos e necessidades. Embora esperemos por isso, essas coisas são impossíveis, pois o mundo nunca será sempre como desejamos e as pessoas mudam constantemente sua maneira de agir e pensar. O verdadeiro bem estar, ou verdadeira felicidade, esta em termos uma condição mental mais favorável a compreender e lidar com este mundo repleto de adversidades e desafios. O melhor meio de obtermos essa condição mental equilibrada é desenvolvermos uma mente baseada em virtudes.

Virtudes são forças ou poderes mentais que nos auxiliam a agir de forma a produzir bem estar. A serenidade, a generosidade, a gratidão o amor a compaixão ou simplicidade, a introvisão (ver abaixo anexo I) quando cultivadas na nossa mente nos tornam mais sábios e propensos a agir em prol de uma vida melhor. Essas virtudes também são a base para o desenvolvimento de competências comportamentais que são um conjunto de habilidades intra e interpessoais e transpessoais: auto-cuidado/auto-aceitação, contentamento, temperança, paciência, flexibilidade, equanimidade, desapego, força de vontade, afetividade (empatia e simpatia – saber compartilhar e perdoar), humildade, propósito.

O curso de Meditação Integrativa visa nos proporcionar todas as ferramentas necessárias para melhorarmos as condições da nossa mente através do cultivo de um estado mental mais sereno e amigável. Uma pequena realização nas práticas de meditação já nos proporciona uma mente mais serena e mais interessada no nosso bem estar e no bem estar de outros seres. Se obtiver os grande realizações faremos com que nosso mente densa (ou consciente) se harmonize como nossa mente sutil (sub-consciênte) o que fará com que uma grande quantidade de energia se torne disponível para nós.  Isso nos possibilitará curar o nosso corpo, purificar a  nossa mente de estados negativos como raiva, angustia, depressão, etc…

Podemos obter inúmeros benefícios dessa prática:

Objetivos físicos:

Controle de pressão arterial, controle de stress, auxilia no controle de dores causadas por acidentes traumáticos, auxiliam no tratamento de gastrites, úlcera, bronquites crônicas. Todos os distúrbios físicos podem ser curados através do equilíbrio da mente no cultivo da concentração, da percepção e da serenidade obtidos na Meditação Integrativa.

Objetivos psíquicos:

Estímulo da auto estima, auto confiança, força de vontade, serenidade,melhoria das competências psíquicas, comportamentais e de relacionamento; meditar produz clareza mental, pode curar alguns doenças psicossomáticas, desenvolve concentração e percepção mental,  desenvolve nossa espiritualidade, aprendemos a produzir com facilidade um estado de relaxamento, acabamos com a ansiedade, angústia, carência, solidão, depressão; eliminamos a mágoa, o ressentimento, o medo, a inveja; aprendemos a lidar com nossa raiva e nosso ódio; libertamo-nos dos desejos exigentes, condicionamentos, vícios mentais e físicos, desenvolvemos clareza mental e contentamento, vivemos melhor com nossos familiares, melhoramos as relações interpessoais, tanto no nível pessoal como profissional, foco,determinação, realização de metas, criatividade (desenvolvimento de soluções), ampliação da percepção e consciência; amplia as possibilidades de realização e auto-realização.

Objetivos Transcendentes:

Superação do egocentrismo, compreensão da interdependência, apreensão da natureza real de todas as coisas. Em relação ao despertar da Consciência Plena – Poder-Sabedoria interior, a Meditação Integrativa representa o tanto o aspecto Sabedoria, como do Poder Interior, ou seja Consciência e Energia/Força interior.

As competências comportamentais são desenvolvidas quando as virtudes essenciais são despertadas.

Téncnias Aplicadas no Treinamento em Meditação Integrativa:

Meditação samatha (serenidade / cultivo da energia) –concentração respiratória e concentração pura para e estados de absorção meditativa (dhyana), plena atenção (o poder e sabedoria do agora, do estar presente sempre)

Meditação complemplativa – vipassana (insight – intuição / cultivo da sabedoria) – concentração contemplativa e concentração analítica para os estados de meditação de insight ou meditação do verdadeiro discernimento e percepção – (desenvolven a sabedoria do coração: virtudes essenciais – liberdade pessoal)

Meditação ou visualização ativa ou diretiva (despertar da ‘energia essencial’)– indução de imagens mentais, incluindo yantras (formas harmônicas) para acesso ao nosso mundo interior – inclui treinamento ‘sonho lúcido’.

Meditação ou visualização criativa (despertar da ‘energia essencial’)– recepção de imagens simbólicas do nosso inconsciente ou mente sutil e supra sutil.

Mantras ou afirmações – palavras, sílabas, frases e contemplações que tem o poder de remover os condicionamentos, proteger e empoderar a mente.

Pranayama – exercícios de controle da respiração e energia (prana ou  chi)

Mudras – gestos simbólicos feitos com as mãos para o controle da energia

(Excelente também para aplicação em empresas e escolas)

O que é YOGA?

Yoga é um termo sanscrito que significa literalmente “jungir”, “ligar”, “reunir”, “união”, “comunhão”. Yoga é um sistema de sabedoria originado na India antiga. O Yoga verdadeiro tem muito mais de 5000 anos. Não tinha este nome mas a sabedoria que nos integrada ao nosso verdadeiro eu, que nos traz a plena presença, a sabedoria e poder interior já era conhecida e práticas que hoje são chamadas de Yoga eram conhecidas há muito tempo, mesmo antes das escrituras. O nome Yoga veio muito tempo depois e muito tempo depois do nome é que vieram as técnicas mais ‘físicas’, que serviam muito mais para que o corpo tivesse mais condições (flexibilidade e saúde física) para ‘aguentar’ as técnicas de meditação e fazer o corpo (a saúde e estrutura do corpo) não ‘atrapalhar’ a mente. A prática física do yoga, os ‘asanas’ significam ‘postura’ e não se referem unicamente a uma postura física. Isso era a base para o processo mais importante que é o treinamento da mente, com exercícios respiratórios, de domínio da energia psicofísica (energia sutil e não somente a energia conhecida hoje pela ciência) e principalmente exercícios de domínio da mente, despertar e orientação do poder e da sabedoria interior. Esta sabedoria acabou se misturando com crenças religiosas e muitos ainda fazem esta mistura no oriente e também no ocidente, mas Yoga é apenas um sistema de sabedoria. Esta influencia acabou levando o Yoga a não ser aceito no início no ocidente e para evitar mais problemas, deixaram a sabedoria do lado e se fixaram nos exercícios físicos e alguns energéticos. Isso causou um desvio no objetivo e nos grandes tesouros do Yoga que são as práticas psicomentais que dão ancoramento e realizam a sabedoria deste sistema.

O Yoga tem como objetivo, através das técnicas e conhecimentos, a transformação e a transcendência da consciência ordinária (autotranscendência imanente), libertando-nos dos apegos, desejos, que é a manifestação da personalidade egóica e integrar, manifestar, realizar nosso verdadeiro eu ou self (também chamada de processo de individuação). Quando nos libertamos de nossos apegos, aversões e indiferenças, nos libertamos do sofrimento  é estar presente o tempo todo, estar plenamente consciente, pois a inconsciência leva a ignorância e a ignorância, ao apego, as aversões e a indiferença, que levam ao sofrimento.  Transformar inconsciente (que é como esta a maior parte de nossa psiquê) em consciente, ou seja, transforma sombra em luz, transformar ignorância em sabedoria (essa ignorância é da verdade sobre nós mesmos, sobre a realidade do mundo, e sabedoria está além do conhecimento e não se adquire só pelo pensamento racional) traz a eliminação de todo e qualquer sofrimento e também é isso que o Yoga chama de libertação. O Yoga também ensina que sendo liberto a pessoa pode realizar da melhor forma, pois não tem maais bloqueios pessoais, apegos, sofrimento o que ela deve realizar na vida e assim há a verdadeira Autorealização. Ela pode entender melhor a si mesma e aos outros, o mundo, mais do que qualquer outro ser não liberto.

No passado no oriente muitos alcançaram estes estados de libertação e outros (menos) de iluminação (autorealiação), estes foram os que ensinaram as técnicas que hoje fazem parte da sabedoria e prática do Yoga. Outros que se libertam agora ou que se dedicam e tem um certo nível de consciência necessário a obter sabedoria de forma direta pela meditação ajudam a adaptar as técnicas e processos para atender as necessidades e limitações do mundo atual. Também estão sendo abertas as técnicas e sabedoria relativa às mulheres, ao corpo e psique feminina, pois quando a sabedoria do yoga começou a ser escrita e sistematizada (o Yoga, como sabedoria já existia muito antes) o oriente, o mundo já era patriarcal e não havia muito abertura para a pratica e estudo de mulheres, quando isso acontecia, muitas vezes era somente para auxilio das praticas dos homens. Até mesmo quando vieram as práticas físicas focou-se no corpo masculino que é mais inflexível, pois as mulheres na época, não tinham nenhum problema com flexibilidade, mesmo quando mais velhas. Outros motivos, que não vem ao caso agora, levaram ao descaso e inclusive mal uso dsa técnicas yogicas para as mulheres. O fato é que servem também para as mulheres, principalmente atualmente devido ao tipo de vida e trabalho da mulher, mas existem técncias tanto físicas como psicomentais mais propícias para as mulheres. Infelizmente, assim como existe muito preconceito com o Yoga por muitos que não entender o seu verdadeiro significado e trabalho, e confunde-os com crenças religiosas, dentro do Yoga também tem muitos contra a especialização do trabalho com mulheres. Isso já é muito antigo, pois vemos em diversos textos (da fase já ‘influenciada’ do Yoga) frases preconceituosas em relação as mulheres.

O sistema de Yoga trabalhado no NUMIN vai a fundo na sabedoria verdadeira do Yoga original, puro, trabalha o corpo, mas prioriza o objetivo e propósito do Yoga que é o despertar do Eu real, a integração da personalidade, do ego ao Eu real, a unidade e a totalidade, para que cada um possa realizar o propósito de sua vida.

Obs: O sistema de Yoga trabalhado no NUMIN também oferece a sabedoria e técnicas específicas para as mulheres (principalmente no Shakti Yoga, do sistema Shakti Vidya) em todas as idades e fases, inclusive explicando e usando as diferenças para trabalhar melhor a energia feminina. Isso é importante, não só para a mulher (interna e externamente), mas para que a polaridade feminina possa contrabalançar a polaridade masculina, trazendo o melhor de cada uma (o que não acontece quando há grande desequilíbrio destas polaridades) para transformar e melhorar este mundo.

ATENÇÃO!!!

As empresas/organizações podem fazer convênios para seus funcionários. Entre em contato!!!!